Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

sábado, 28 de fevereiro de 2009

1 Mês na Internet!!! Oba!!!

No dia 22 de fevereiro deste ano, comemoramos 1 mês! Pois é, parece que foi ontem, e já se foi um mês. Queremos agradecer a Deus pelo dom da vida, e a você que visita, colabora e comenta neste blog. A você nossos sinceros agradecimentos.


Continue sempre conosco!!!


Nosso Muito Obrigado a todo Você.



No 1º mês tivemos mais de 800 click's.

Agradecemos aos amigos do Brasil e dos paises abaixo:

Taiwan
Venezuela
Espanha
Portugal
Holanda
Noruega
Alemanha
Estados Unidos
Suiça
Reino Unido


O - BRI - GA -DO !!!


terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Os dois lados da moeda: xenofobia ou automutilação?


A mídia, tanto televisiva como a impressa, está acompanhando de perto o “caso Paula Oliveira”.

A brasileira Paula Oliveira, de 26 anos, nascida no Recife, que estudou em escolas tradicionais e formou-se na Faculdade de Direito da cidade, afirmou ter sido atacada por três skinheads numa estação de trem no subúrbio de Zurique.

Pois bem, nos últimos dias, temos sido bombardeados por várias versões sobre Paula Oliveira.

Eis os dois lados da moeda:

De um dos lados, está à polícia de Zurique, que diz que a suposta agressão contra a brasileira, pode não passar de uma farsa montada por ela e há possibilidade dela ter cometido automutilação. A polícia ainda diz que cortes no corpo de Paula são muito simétricos, poucos comuns em caso de agressão. O SVP (Partido Popular Suíço – em alemão) não vê problemas na volta da Paula para o Brasil, mas quer que ela arque com os custos da investigação.

No outro lado, está a família, que diz se tratar de um ataque racista. Para alguns colegas, Paula estava saudável e feliz no dia do ataque. Já outros colegas de trabalho, dizem ter recebido um e-mail com um ultra-som de sua gravidez, afirmaram ter encontrado a mesma imagem no site de busca Google, sob o nome “Twins 6 wks” (“Gêmeos 6 semanas”). Cautelosa, a consulesa-geral do Brasil em Zurique, Vitoria Clever, admitiu que Paula apresenta “variações” em suas declarações.

Com tantas versões de um único caso, o que fazer?
Será que o ser humano está de fato evoluindo?
Se estiver, eu pergunto: evoluindo a quê?
Aprendemos que a educação inicia-se primeiro em casa e continua na escola. Neste caso, será que, literalmente, temos que sentir a violência na própria pele, para só depois chegar ao próximo?
Não tenhamos lado, enquanto esse caso não se encerre!

Paula pode ser indiciada se ficar confirmado que mentiu. Já o Brasil passa a ser alvo de críticas dos suíços.

Vamos esperar o final desse caso lamentável. Lamentamos, profundamente, pelos sofrimentos dos pais de Paula Oliveira.



Por enquanto é só isso!!!


Israel Lima
São Paulo/Brasil

Ensino de espanhol será obrigatório a partir de 2010

O ensino de espanhol será disciplina obrigatória nos currículos escolares a partir de 2010 em todo o Brasil. De acordo com a lei 11.161, sancionada pelo presidente Lula em 2005, todas as escolas de Ensino Médio deverão oferecer aulas do idioma aos seus alunos. A pouco menos de 365 dias da exigência, muitos professores já começam a planejar sua atualização profissional para se candidatar à essas vagas, principalmente na rede particular de ensino. "O mercado de trabalho para esta categoria poderá aumentar, e quanto mais qualificado for o profissional, mais fácil será para ele garantir sua vaga. Por isso, um curso de imersão se torna importante", disse a educadora Graciela Hopstein, coordenadora da Punto y Coma, empresa especializada em traduções e ensino de línguas. Atualmente, 578 professores dão aula de Espanhol na rede pública estadual. No último concurso realizado pela Secretaria de Educação do Rio de Janeiro, 970 professores se inscreveram para a disciplina. O concurso é para cadastro de reserva. O resultado foi divulgado na sexta-feira, dia 16 de janeiro. Por enquanto, está sendo feito um levantamento para se saber quais coordenadorias necessitam de mais professores e qual é demanda em toda a rede. O objetivo é distribuir, gradualmente, os aprovados no concurso de 2008 nessas áreas. Imersão para capacitar O espanhol é atualmente um idioma falado por mais de 420 milhões de pessoas, sendo a segunda língua mais falada no mundo ocidental. Além da Espanha, é a língua oficial de 20 países, localizados na sua maioria na América Latina. Dados da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) dão conta que o País, em 2007, tinha mais de 12 mil professores aptos a ensinar a língua espanhola nas escolas. Mas segundo o Censo escolar são necessários de 22 mil a 24 mil para atender a nova demanda. Para ajudar os docentes na busca de um aprimoramento no idioma, a Punto y Coma lançou um pacote de intercâmbio para professores de espanhol que desejam garantir o certificado de proficiência na língua. "O curso servirá para atualizar o profissional e acrescentar uma importante qualificação em seu currículo. Mostrará à escola que aquele profissional é interessado, não ficou estagnado, e está sempre procurando se atualizar", ressaltou Graciela Hopstein. O curso de espanhol específico para professores da língua em Buenos Aires tem duração de um mês e inclui a diferenciação de uma gramática geral de uma pedagógica, a análise e sistematização dos erros mais comuns, a formulação de seqüências didáticas, a análise de metodologias e enfoques de ensino, entre outros. São quatro horas de aula por dia na renomada escola Daniela Wasser School. As turmas têm no máximo cinco pessoas e a primeira começa em janeiro. Para se candidatar é preciso ter um nível avançado da língua. "Em Buenos Aires, o professor estará trabalhando a língua o tempo todo, seja nas lojas, no restaurante e com os professores de espanhol de outras nacionalidades. Ele poderá verificar como é a língua falada na Argentina e até mostrar aos seus alunos as diferenças da língua gramaticalmente correta e a língua falada. Também verificará com os outros professores de outras nacionalidades se as dificuldades dos alunos brasileiros são semelhantes com as de outros países", disse a coordenadora da Punto y Coma. A experiência de realizar um curso de capacitação por meio imersão oferece a possibilidade de se aperfeiçoar a partir de uma atividade de curta ou média duração. E ainda contribui para que os conteúdos aprendidos possam ser aplicados de forma imediata, já que a idéia é também absorver a cultura do país onde se faz o intercâmbio. Nesse caso, a aprendizagem não se reduz apenas à sala de aula, mas principalmente o processo se desenvolve na rua, ao se comunicar com as pessoas, lendo os cartazes públicos, desenvolvendo as atividades cotidianas.

Criação e Organização de Salas de Leituras

Educação

GABINETE DA SECRETÁRIA


Resolução SE - 15, de 18-2-2009


Dispõe sobre a criação e organização de Salas de
Leitura nas escolas da rede estadual de ensino


A Secretária de Estado da Educação, considerando que:
a formação escolar do educando não pode prescindir do
atendimento às exigências do mundo contemporâneo que
demandam acesso cotidiano a fontes de informação e cultura
atualizadas e diversificadas;
a escola se apresenta como um dos espaços privilegiados
de desenvolvimento das competências e habilidades de leitura
e escrita;
o desenvolvimento dessas competências e habilidades
requer local e ambientes apropriados, exigência constante no
padrão mínimo nacional de infra-estrutura previsto no Plano
Nacional de Educação - Lei nº 10.172/2001, resolve:

Art. 1º - Fica criada, em cada unidade escolar da rede pública
estadual, uma sala de leitura que objetiva oferecer aos alunos
de todos os cursos e modalidades de ensino:

I - oportunidade de acesso a livros, revistas, jornais, folhetos,
catálogos, vídeos, DVDs, CDs e outros recursos complementares,
quando houver;

II - espaço privilegiado de incentivo à leitura como fonte de
informação, prazer, entretenimento e formação de leitor crítico,
criativo e autônomo.

Parágrafo único - As unidades escolares que não dispõem
de local apropriado à instalação da sala de leitura contarão com
ambientes de leitura com acesso a acervos e serviços.

Art. 2º - A implantação das salas ou ambientes de leitura
obedecerá a cronograma gradativo, a partir do ano letivo de
2009, levando em consideração critérios previamente definidos,
por órgãos centrais, tais como: situação de atendimento aos
alunos, disponibilidade de espaço, condições do acervo, entre
outros.

Parágrafo único - a Coordenadoria de Estudos e Normas
Pedagógicas providenciará a publicação da lista de escolas que
passam a contar com salas ou ambientes de leitura, apontando
a vigência de cada implantação.

Art. 3º - As salas ou ambientes de leitura contarão com um
professor responsável com as seguintes atribuições:

I - Elaborar Projeto de Trabalho;

II - Planejar e desenvolver, com os alunos, atividades vinculadas
à Proposta Pedagógica da escola e à programação da
sala de aula;

III - Reunir e organizar o material documental;

IV - Planejar, coordenar, executar e supervisionar o funcionamento
regular no que diz respeito:

a) à estruturação do espaço físico;
b) à permanente organização e controle patrimonial do
acervo;
c) às atividades na rede informatizada na Web;

V - Participar de Orientações Técnicas centralizadas e descentralizadas
e de reuniões técnicas de HTPCs realizadas na
escola;

VI - Apresentar relatórios sobre as atividades desenvolvidas
para análise e discussão da Equipe Pedagógica;

VII - Organizar ambientes alternativos de leitura na escola;

VIII - Promover o acesso dos professores às salas ou
ambientes de leitura, para utilização em atividades pedagógicas;

IX - Orientar os alunos nos procedimentos de estudos, pesquisas
e leitura.

§ 1º - As escolas com mais de dois turnos de funcionamento
poderão contar com mais um professor responsável.

§ 2º - Estagiários poderão ser contratados, nos termos da
legislação vigente, para atuarem nas salas ou ambientes de leitura.

Art. 4º - São requisitos à seleção de docente para atuar nas
salas ou ambientes de leitura:

I - possuir vínculo docente junto à Secretaria de Estado da
Educação, no campo de atuação referente a aulas dos ensinos
fundamental e médio, devendo encontrar-se na condição de
readaptado, com rol de atividades compatível com as atribuições
a serem desenvolvidas.

II - ser portador de diploma de licenciatura plena, preferencialmente
em Letras;

III - possuir, no mínimo, 3 (três) anos de experiência docente
no Quadro do Magistério da Secretaria de Estado da
Educação.

§ 1º - na situação de readaptado, o docente somente poderá
ser incumbido do gerenciamento das salas ou ambientes de
leitura no âmbito da própria unidade escolar, devendo, para
atuar em escola diversa, solicitar e ter autorizada, previamente,
a mudança de sua sede de exercício, nos termos da legislação
pertinente.

§ 2º - na inexistência de docente na condição de readaptado,
conforme disposto no inciso I deste artigo, a atribuição
poderá recair em docente ocupante de função-atividade, categoria
F, em situação de interrupção de exercício, abrangido
pelas disposições da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho
de 2007, e que preencha aos demais requisitos estabelecidos
no parágrafo anterior.

Art. 5º - Caberá ao Diretor de Escola:

I - selecionar e indicar candidatos para a atribuição das
salas ou ambientes de leitura, obedecendo a critérios definidos
pela Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas;

II - distribuir a carga horária de 33 (trinta e três) horas
semanais de acordo com o horário de atendimento das salas ou
ambientes de leitura, em 5 (cinco) dias úteis da semana, abrangendo,
no mínimo, por dia, 2 (dois) turnos de funcionamento da
unidade escolar e obedecendo ao limite máximo de 8 (oito)
horas diárias de trabalho, incluindo as HTPCs;

III - avaliar, com os demais gestores da unidade escolar, ao
final de cada ano letivo o desempenho do docente, ficando condicionada
a recondução, no ano letivo subseqüente, ao resultado da avaliação;

IV - zelar pela segurança, preservação, manutenção e conservação
dos equipamentos, do acervo e do ambiente, orientando
a comunidade escolar para o uso responsável;

V - elaborar instruções, quanto à organização, ao funcionamento
e à utilização das salas ou ambientes de leitura.
Parágrafo único: no caso de readaptado com carga horária
inferior a 40 (quarenta) horas semanais, a distribuição será efetuada,
obedecendo às mesmas condições estabelecidas no inciso
II deste artigo.

Art. 6º - O docente selecionado cumprirá carga horária de
40 (quarenta) horas semanais para o exercício das atribuições
estabelecidas no artigo 3º desta resolução, sendo 33 (trinta e
três) horas de atuação nas salas ou ambientes de leitura, 3
(três) horas de trabalho pedagógico coletivo (HTPCs) e a 4 (quatro)
horas de trabalho pedagógico em local de livre escolha
(HTPLs).

§ 1º - Tratando-se de readaptado, o docente cumprirá a
carga horária fixada em sua Apostila de Readaptação, que não
poderá ser inferior a 30 (trinta) horas, das quais fará jus às horas
de trabalho pedagógico (HTPCs e HTPLs) correspondentes.

§ 2º - Não haverá substituição nos impedimentos legais do
professor responsável pelas salas ou ambientes de leitura,
devendo a unidade escolar, com acompanhamento da Diretoria
de Ensino, manter listagem de candidatos pré-selecionados, em
reserva, para ocasional troca do professor responsável, no
decorrer do ano, quando o impedimento for superior a 15 (quinze)
dias.

§ 3º - O professor, no desempenho das atribuições relativas
às salas ou ambientes de leitura, usufruirá férias de acordo com
o calendário escolar, juntamente com seus pares docentes.

Art. 7º - O professor que, no exercício das atribuições das
salas ou ambientes de leitura, deixar de corresponder às expectativas
de um bom desempenho, em especial em termos de
assiduidade e compromisso, perderá, a qualquer tempo, as
horas atribuídas, reiniciando período de interrupção de exercício,
ou, no caso de readaptado, retomando o exercício do seu
rol de atividades, por decisão do Diretor de Escola, ouvido previamente
o Supervisor de Ensino da unidade.

Art. 8º - Aplicam-se aos docentes em exercício nas salas ou
ambientes de leitura as disposições da Resolução SE nº 1, de 4
de janeiro de 2006 e da Resolução SE nº 97, de 23 de dezembro
de 2008.

Art. 9º - A Coordenadoria de Estudos e Normas
Pedagógicas e as Coordenadorias de Ensino expedirão orientações
complementares a presente resolução.

Art. 10 - Esta resolução entra em vigor na data de sua
publicação.


(quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009 - Diário Oficial Poder Executivo - Seção São Paulo, 119 (34) – 39)

Reajuste salarial

Aos amigos que dão aulas na rede privada.

Reajuste salarial entra em vigor em 1º de março: fique atento


As convenções coletivas dos professores da Educação Básica e do Ensino Superior, assinadas no início de 2008 com validade de dois anos, determinam que as escolas devem reajustar os salários dos professores, no próximo dia 1º de março. As previsões do SINPRO-SP indicam que o percentual deve ficar entre 7% e 7,5%.
Nos dois segmentos, além da média dos índices do IBGE, da FIPE e do DIEESE (que deve chegar a 6,5%) os acordos estipulam 1,2% de aumento real. Na Educação Básica, o aumento real pode ser de 2%, caso a escola não tenha pago a participação nos resultados.
Os professores devem fiscalizar rigorosamente o cumprimento da convenção coletiva em vigor já que as escolas particulares são um setor imune a todos os efeitos da crise econômica: não só aumentaram suas mensalidades – como fazem todos os anos – em percentuais bem acima da inflação como também mantiveram sua freguesia estável e com a inadimplência em queda.


(Extraído do site do SINPRO)

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Criminalizar as Rádios Comunitárias?

“Número da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária aponta a existência de 15 mil emissoras em situações ilegais. A Anatel também revelou que, nos últimos cinco anos, foram fechadas 6.716 rádios clandestinas – o dobro do total de autorizações concedidas pelo Ministério das Comunicações para Rádios Comunitárias em 10 anos.” (O Estado de São Paulo – 15/02/2009).
É preciso estabelecer medidas, debates, acordos e não simplesmente criar leis que criminalizam as rádios comunitárias. A visão tem que ser ampla, nítida e que veja os dois lados. Não somos favoráveis a ilegalidade. O que gostaríamos de propor, é que fosse levada em consideração a intenção primeira, que está por trás das rádios comunitárias, a solidariedade.
Visto, apenas, por este anglo (das grandes rádios) parece mecanismo de monopolização da radiodifusão. É bem verdade, que acompanhamos nos noticiários televisivos, que mostraram as interferências das rádios comunitárias nos aeroportos. Isto é lamentável, por que não dizer preocupante. Não temos dúvida! Não obstante, em momento algum, vimos às emissoras de televisão mostrarem as prestações grandiosas de serviços que as rádios comunitárias prestam a sociedade, e que as grandes rádios nem ao menos pensam nesta possibilidade de serviço à comunidade.
Então, é preciso rever e analisar com mais cautela esta questão. Temos que olhar com olhos ávidos por transformação e solidariedade.

Por enquanto é só isso!!!!

Israel Lima

Algumas Mudanças nas HTPCs

Comunicado CENP, de 6-2-2009, publicado no DOE de 09/02/2009.

Aos Dirigentes Regionais de Ensino, Supervisores de Ensino e Diretores de Escola.

A Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, objetivando subsidiar a organização e o funcionamento das Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo - HTPCs, solicita das autoridades em epígrafe, especial atenção às seguintes instruções:


1 - A Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo - HTPC - caracteriza-se fundamentalmente como:
· espaço de formação continuada dos educadores, propulsor de momentos privilegiados de estudos, discussão e reflexão do currículo e melhoria da prática docente;
· trabalho coletivo de caráter estritamente pedagógico, destinado à discussão, acompanhamento e avaliação da proposta pedagógica da escola e do desempenho escolar do aluno;

2 - As Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo - HTPC deverão ser planejadas e organizadas pelo Professor Coordenador de cada segmento do ensino fundamental e médio, em sintonia com toda equipe gestora da escola, com vistas a integrar o conjunto dos professores do respectivo segmento, objeto da coordenação;

3 - A duração de cada Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo é de 60 (sessenta) minutos;

4 - No planejamento, na organização e na condução das HTPCs, é importante:

· considerar as demandas dos professores frente às metas e prioridades da escola;
· elaborar previamente a pauta de cada reunião, definida a partir das contribuições dos participantes;
· dividir entre os participantes as tarefas inerentes às reuniões (registro, escolha de textos, organização dos estudos);
· planejar formas de avaliação das reuniões pelo coletivo dos participantes;
· prever formas de registro (ata, caderno, diário de bordo, e outras) das discussões, avanços, dificuldades detectadas, ações e intervenções propostas e decisões tomadas;
· organizar as ações de formação continuada com conteúdos voltados às metas da escola e à melhoria do desempenho dos alunos, com apoio da equipe de supervisão e oficina pedagógica da DE.

5 - O horário do cumprimento das HTPCs, a ser organizado pelo Professor Coordenador, deverá assegurar que todos os professores do respectivo segmento de ensino participem num único dia da semana, em reuniões de, no mínimo, duas horas consecutivas;

6 - Na impossibilidade das reuniões das HTPCs serem organizadas em apenas um dia da semana, a escola deverá organizá-las em, no máximo, dois dias, distribuindo todos os professores em dois grupos permanentes para cada dia;

7 - Em se tratando das escolas que atendem as séries iniciais do ensino fundamental deverá ser garantido que:

· os professores das classes das 1ª e 2ª séries e das classes do Programa Intensivo no Ciclo - PIC, das 3ª e 4ª séries, que participam do Programa Ler e Escrever e devem cumprir seis horas de HTPC, deverão se reunir em grupos por série, em no máximo três dias, duas horas seguidas, em dias/horários diferentes para o grupo de 1ª e 2ª séries e de 3ª e 4ª séries, devendo os alunos pesquisadores participarem das HTPCs, com os respectivos professores regentes;
· os professores das 3ª e 4ª séries que não participam do Programa acima referido farão as HTPCs seguindo os itens 5 e 6 do presente Comunicado;

8 - Quando comprovada a total impossibilidade de atendimento às instruções contidas nos itens 5, 6 e 7, as HTPCs poderão ser - em caso de absoluta excepcionalidade, e desde que devidamente justificada e assinada pelo respectivo diretor da unidade escolar e com anuência do supervisor de ensino -, organizadas em qualquer dia da semana desde que seja assegurada a participação dos professores em duas horas consecutivas de trabalho coletivo pedagógico;

9 - Nas escolas de tempo integral, as reuniões da HTPC devem oportunizar a participação dos professores que atuam nas disciplinas do currículo básico e nas oficinas curriculares;

10 - Dado o caráter essencialmente pedagógico e coletivo da HTPC, as escolas que mantêm Professor Coordenador de segmentos de ensino diferentes deverão prever, sempre que possível, reuniões bimestrais, e contar com a participação de todos os professores envolvidos;

11 - Nas escolas, cujo número de classes não comporta posto de trabalho de Professor Coordenador, em nenhum segmento, esta atribuição ficará sob a responsabilidade do Diretor da Escola.

(Extraído do site da DE SUL 1 )

Curso - A Narrativa Mítica na Literatura Infantil Contemporânea

Com Luciana Carnial - jornalista, mestre e pesquisadora em Literatura e Crítica Literária pela PUC-SP.

Por onde anda o contador de histórias?

O objetivo deste encontro é demonstrar que muitas características da narrativa mítica encontram-se presentes na modernidade e são marcantes em obras que compõem o cenário da literatura infantil contemporânea.



INFORMAÇÕES:

Será na Livraria da Vila

(Fradique Coutinho)

às QUARTAS das 10h ao 12h - de 04 a 25 de março.


Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena
Telefone: 3814-5811


www.livrariadavila.com.br

Educação à Distância em Matemática

GPEC - Educação à Distância

Inscrições Abertas!


Matemática na Educação Infantil – 60 horas - 26 de Fevereiro de 2009

Matemática no Ensino Fundamental - 60 horas - 26 de Fevereiro de 2009


Público

Pedagogos, Psicopedagogos, Professores, Educadores, Coordenadores Pedagógicos,Diretores de Escolas,Estudantes de Pedagogia e Licenciaturas e Estagiários na área de Educação.

Horário do curso

O horário de estudos é estabelecido pelo próprio participante, de acordo com sua disponibilidade.

" PACOTES ESPECIAIS PARA A REDE PÚBLICA e/ou TURMAS FECHADAS". - CONSULTE-NOS.

Maiores informações: gpec@gpeconline.com.br

Atenciosamente Equipe GPEC

“ Pouco a pouco.....Transformando a Educação”GPEC - GRUPO DE PRODUÇÃO EM EDUCAÇÃO & CULTURA LTDAhttp://www.gpeconline.com.br/

Sinpeem Convoca

DIA 27 DE FEVEREIRO DE 2009, ÀS 9h30
REUNIÃO DE REPRESENTANTES

Participam os representantes eleitos em 2009.

A ata de eleição pode ser entregue no dia da reunião.

Local: Casa de Portugal - av. Liberdade, 602

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Xenofobia!!!

Sabemos, infelizmente, que a crise econômica influenciou vários segmentos: indústrias, bancos, lojas e países. Até a violência! Essa não poderia ficar de fora, o que você me diz? Pois bem, a brasileira, a advogada Paula Oliveira (na Suíça) foi vítima de violência xenófoba. A advogada foi encontra desacordada com marcas e com a sigla: SVP (Partido Popular Suíço – em alemão) marcada a estilete em seu corpo. Na Suíça, é grande, o número de pessoas racistas e com aversão aos estrangeiros. O que me surpreende, é que não só acontece na Suíça, mas em várias partes do mundo. Aonde vamos parar?


Por enquanto é só isso!!!

Prof. Israel Lima

Utilidade Pública

Grupos de Bombeiros
193
http://www.ccb.polmil.sp.gov.br/


Polícia Militar
190
http://www.polmil.sp.gov.br/


Polícia Civil
197
http://www.policia-civ.sp.gov.br/


Disque-Denúncia
181
011-3272-7373


SPTrans
0800-7710118
Informações sobre bilhete único e cartão fidelidade.
Itinerário de ônibus:
156


Defesa Civil
199
http://www.defesacivil.gov.br/


PROCON
151


Sabesp
195
http://www.sabesp.com.br/


Eletropaulo
0800-7272196
http://www.eletropaulo.com.br/


Comgás
0800-110197
http://www.comgas.com.br/

Horário de Verão Termina Hoje!!!

Segundo o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o país economizou R$ 4 bilhões (equivalentes a cerca de 2 mil magawatts de energia). O horário de Verão teve início no dia 19 de outubro do ano passado e termina hoje, dia 14 de fevereiro de 2009. Deverão atrasar seus relógios em uma hora à meia-noite, quem mora nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Simplesmente, Mudou!!!!!


A Secretária de Estado da Educação considerando:

As alterações na sistemática de admissão de professores em caráter temporário em atendimento à legislação vigente;

A importância em se garantir segurança e transparência no processo de atribuição de aulas para que não ocorram injustiças;

COMUNICA às autoridades de ensino que:

1. Ficam alteradas as datas de atribuição de aulas como se segue:
- de 05/02 à tarde para 10/02 pela manhã;
- de 09/02 para 12/02;
- de 10/02 para 13/02.

2. ficam preservadas as atribuições já efetivadas até a presente data;

3. serão enviadas às DES orientações pelo DRHU para assegurar unidade de ação em toda a rede escolar;

4. as atividades de planejamento ficam antecipadas para os dias 11, 12 e 13 de fevereiro e as aulas terão início no dia 16 de fevereiro, garantindo-se os 200 dias letivos.


Agora, é pedir a DEUS que não mude tudo novamente e que as aulas comecem, de fato, no dia 16 de fevereiro.

Por enquanto é só isso!!!

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Instante Poético - (Neste Espaço todas as Poesias são de autorias do Prof. Israel Lima)

Sem Ela


(Israel Lima)

Sem ela,
Não seria capaz de viver,
Não seria capaz se sonhar,
Não seria capaz de amar...

Por ela,
Romperia dimensões,
Entregaria minha vida em
Holocausto, despedaçaria o coração...

Sem ela,
Não seria ninguém,
Não seria feliz,
Não seria capaz...

Pra ela,
Eu daria o céu,
O mar,
E até mesmo o infinito...

Sem ela,
Não seria hoje o homem que sou,
Não teria tanto amor,
Não seria um bravo lutador...

Com ela,
Realizaria os impossíveis dos sonhos,
O amor teria cor,
Cheiro e sabor...

Sem ela,
Prefiro morrer,
Prefiro sofrer,
Prefiro padecer...

Pois ela,
É o meu mundo,
Ela é o meu tudo,
E em resumo, ela é você...


***

Instante Poético - (Neste Espaço todas as Poesias são de autorias do Prof. Israel Lima)

Nossos Corpos

(Israel Lima)

Seus sussurros murmurantes
Ecoam como altas cascatas,
O seu corpo é quente e o
Meu é vulcão;

Nosso leito férvido,
Nossos corpos se enroscam,
Nossas vidas vividas,
Nossos sonhos reais...

Nosso amor louco,
Nossa louca paixão,
Virtude e vida, ou
Vida e virtude...

Nascemos um para o outro,
Eu e você e você e eu...
Gosto do mesmo gosto

Que faz você gostar de mim,
Nosso amor não se limita,
Não tem fim.

Nossos corpos são estruturas
de deuses, fonte de prazer...
O meu corpo metade do teu.


***

A Escola


(Paulo Freire)



Escola é...
o lugar onde se faz amigos,
não se trata só de prédios, salas, quadros
programas, horários, conceitos...
Escola é, sobretudo, gente,
Gente que trabalha, que estuda,
Que se alegra, se conhece, se estima.
O diretor é gente,
O coordenador é gente, o professor é gente,
O aluno é gente,
Cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor
na medida em que cada um
se comporte como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”.
Nada de conviver com as pessoas e depois descobrir que não tem amizade a ninguém,
nada de ser como o tijolo que forma a parede,
indiferente, frio, só.
Importante na escola não só estudar, não é só trabalhar,
É também criar laços de amizade,
é criar ambiente de camaradagem,
é conviver, é se “amarrar nela”!
Ora, é lógico...
Numa escola assim vai ser fácil
estudar, trabalhar, crescer,
fazer amigos, educar-se,
ser feliz.


____________________________________


Poesia do educador – Paulo Freire, disponível no site do Instituto Paulo Freire (WWW.paulofreire.org)

Instante Poético - (Neste Espaço todas as Poesias são de autorias do Prof. Israel Lima)

Olhos da Noite

(Israel Lima)

Olhos da noite,
Viris e tenazes,
Lacrimejas sobre mim
Tuas incontáveis bênçãos.

Olhos da noite,
rebrilham e choram,
Marca o coração
De um ser que te adora.

Olhos da noite,
Altivos como os de uma ‘deusa’,
Cerca-me de paz
E tranquilidade...

Olhos da noite,
Azul de anil,
Retratas em mim
Um ser forte e viril.

Olhos da noite,
Negros e brilhantes olhos,
Deixa em mim
Tua áurea e nítida luz...

***

Instante Poético - (Neste Espaço todas as Poesias são de autorias do Prof. Israel Lima)

A Portuguesa

(Israel Lima)

Loucamente gosto de ti,
Portuguesa monumental,
És flor, és rima, és salvação,
És a vida e de ti não abro mão.

A tua voz ecoa em mim como
Um sereno rio,
Ensina-me o verso
Desta tua ‘Poesia’.

Da noite és o farol,
Do dia raio de sol,
Áurea e iluminada mulher...

Leva-me ao teu cais,
Deixa-me ancorar neste teu
Corpo farto de prazer...


***

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Pirata digital? Eu?!

Nos dias 19 a 25 de janeiro deste ano, aconteceu um grande encontro em São Paulo Capital, o Campus Party, encontro esse de aficionados por tecnologias. Segundo o jornal O Estado de São Paulo (02/02/2009), mais de seis mil participantes foram em busca de experiências digitais. Eles se conectaram a internet com velocidade de 10 gigabites por segundos. O evento foi o ponto de convergência de pessoas com novos hábitos de consumo, de conhecimentos, de cultura e diversão. Diante dos fatos, há dois pontos bem divergentes: a lei e a necessidade de interagir com o que há de mais moderno. Quem nunca ouviu músicas em aparelhos de MP3? Se comprarmos um CD e digitalizarmos É CRIME! Quem já não fez isso? Somos, então, piratas digitais? É tudo muito confuso! Você já parou para pensar nisso? Você se considera um pirata digital? Vivemos uma dicotomia absoluta. Por exemplo: os recursos tecnológicos nos convidam ao isolamento, porém quando os exploramos nos sentimos em “grupo”. Será mesmo grupo?


Um grande abraço a todos os meus leitores.
Deixem os seus comentários!

Por enquanto é só isso!!!

Prof. Israel Lima

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Como Aumentar as Visitas no seu Blog!?

É isso mesmo! Agora virou moda! Tá todo mundo escrevendo sobre a febre do momento: COMO SER POPULAR NA NET. COMO AUMENTAR O NÚMERO DE VISITANTES NO SEU BLOG.

Eu mesmo, confesso, já perdi muito tempo nessa busca desenfreada, nessa cadeia de loucos, tentando me encontrar, quem sabe, com a sorte de um dia também ser um pop star deste mundo virtual. Na verdade, não me arrependo, é talvez, quem sabe, um vício, no bem sentido da palavra! Não sei se um dia alcançarei a tal popularidade que tem os tais "blogueiros profissionais".
Mas... Timidamente estou me aventurando. E quem sabe um dia você visita meu blog também, que, aliás, é este: "Pelo Corredor da Escola".

http://pelocorredordaescola.blogspot.com


É isso!

Prof. Israel Lima

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |