Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

terça-feira, 4 de maio de 2010

''Por Que Aceitamos que Professores de Geografia Ensinem Química?''


A mesma preocupação da sociedade em garantir que profissionais da saúde exerçam apenas sua área de especialização deve ser aplicada para a educação, para impedir que professores lecionem disciplinas diferentes das que estudaram no ensino superior. A recomendação foi feita pelo movimento Todos pela Educação em debate sobre financiamento para o ensino, realizado nessa quarta-feira (28/04), em São Paulo (SP). “Se você vai fazer uma cirurgia e te avisam: ‘o cirurgião faltou, mas temos um ótimo dermatologista disponível’, você não vai aceitar fazer a operação. Por que nas escolas aceitamos que professores de geografia ensinem química?”, questionou o presidente executivo do movimento Todos pela Educação, Mozart Neves. “A formação dos professores é o fator que mais interfere na qualidade do ensino”. No Brasil, apenas 25% dos professores de Física da educação pública possuem graduação na área, segundo o Censo Escolar de 2007. Em Química e Educação Artística 38% dos professores têm diploma superior na área. Em Biologia são 56%, em Matemática 58%, em Geografia 61%, em Português 62% e em História 65%. “Reverter esse problema exige uma consciência que vai além do governo. A sociedade precisa se envolver na valorização da escola”, recomendou. “Esses números precisam chegar até a universidade e ela tem que se engajar para reduzi-los”, completou. Para Mozart, investir em educação é fundamental para tornar a carreira mais atrativa. “Nos países que mais investem em educação, 20% dos alunos mais bem preparados no ensino médio querem ser professor. Esses países oferecem boas condições de trabalho, plano de carreira e salários justos”, comentou. “No Brasil só 2% dos estudantes querem ser professores. Procura a área quem não tem outra opção”.


(Clipping 03.05.2010 Portal Aprendiz, 30/04/2010 ''Por que aceitamos que professores de geografia ensinem química?'' Sarah Fernandes )

Comentários:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POIS É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |