Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Autonomia pode Agradar e Assustar


Calouro encontra liberdade ao chegar à faculdade; o difícil é lidar com ela


Não precisar usar uniforme, poder escolher parte das disciplinas que quer estudar, esticar os anos de estudo sem ser reprovado. Os pontos positivos listados por quem está na faculdade são muitos e podem até causar inveja em quem ainda está no colégio. Mas essa liberdade encontrada na universidade também pode assustar. "O estudante vai precisar procurar sozinho as possibilidades que seu curso oferece, sem esperar que alguém indique isso. Na faculdade, ele depende muito mais dele do que da instituição, o que é difícil para muitos calouros", diz o professor Oswaldo Crivello Jr., coordenador do Pró-Calouro da USP. Marcelo Augusto Pereira, 17, sabe o que é isso. Aprovado em engenharia de produção na Unesp, ele até pesquisou sobre a grade de matérias do curso. Mas, sobre a instituição, ele confessa que sabe muito pouco. "Sei que dá pra fazer intercâmbio, mas não vi quase nada. Vou ter que descobrir na faculdade mesmo." Para facilitar a vida de calouros como Marcelo, é comum as universidades organizarem um manual com informações sobre a estrutura da instituição -indicando como funcionam bibliotecas, restaurante e moradias, entre outras instalações. "Nesse guia também constam explicações sobre bolsas e outros benefícios. É importante que o aluno leia, pois tem muita coisa que vai facilitar a vida dele", diz Heraldo Lorena Guida, vice-reitor do campus de Marília da Unesp. Os manuais são distribuídos já na matrícula ou na primeira semana de aula, que costuma ter palestras e outras atividades para recepcionar os calouros, além do tradicional trote. Os departamentos e Centros Acadêmicos (veja mais no quadro) também organizam manuais com particularidades de cada curso. No guia feito pelo design da Udesc (Estadual de Santa Catarina), por exemplo, os calouros encontram informações de onde comprar material de desenho e de como chegar ao curso usando transporte público.


ANDRESSA TAFFAREL

(Folha de São Paulo, 09/02/2011 - São Paulo SP - SÃO PAULO - Clipping 09.02.2011)

Comentários:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POIS É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |