Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Próprio Amor


(Poesia de Israel Lima)
Tenho visto em mim,
Sei que não posso negar,
Há um nome
para este estranho sentimento:
Sei que fui barro de um oleiro,

Tela de um pintor, água ou o
Próprio amor.

Fui talvez, tudo que há de mais
sagrado,
Fui água, catedral, rima e

Verso,
Fui talvez, descrito por
Neruda,
Ou quem sabe pelo

Próprio Carlos Drummond de Andrade...


Fui a flor do Saara escaldante,

Deram as minhas mãos
Algemas e não deram pão...

Não fui a lágrima em Israel,

Nem as armas do Vietnã,

Nem sentimento, nem dor,


O próprio amor...


***

10 Comentários:

Alessandro disse...

Parabéns pela poesia! Muito bacana, professor.

Abraço.

http://salvospeloamor.blogspot.com/

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro prof. Israel Lima,
Graça e Paz!

Linda poesia professor, ou poeta?rsrs
Talvez os dois....

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Fa menor disse...

Sim, o próprio amor... só o amor!

É lindo o seu poema!

Bjs

CARLA FABIANE... disse...

Amizade
Quem não precisa de um Amigo,
de alguém para partilhar suas coisas?
Ter amigos e ter a melhor relação
com o mundo, é jamais pensar
que se está só, sem ninguém.
Quem tem Amigos na verdade
possui tesouros, mas devemos
tratá-los com o devido cuidado,
como se fosse uma jóia preciosa
de grande valor que não
encontramos em todo lugar.
A você o meu muito obrigado por tudo.
Quem tem um Amigo nunca está só,
está em boa companhia.
Eu tenho você uma grande pessoa,
uma grande amizade.
Você é a honestidade, a sinceridade e
o carinho que traça o perfil
de uma amizade completa.
Obrigada por sua amizade! beijos

Estela disse...

Ficou linda a sua poesia. Parabéns!
Eu fiz um novo blog "Poesia nunca é demais". Convido a conhecê-lo. Tem um cartão que eu gostaria que você o pegasse.
Bjs.

Mikas disse...

Acima de tudo amarmo-nos para termos a capacidade de amar os outros.

Índia disse...

Parabens pela linda poesia!

"Nem sentimento, nem dor,

O próprio amor..."

Adorei!!!

Beijao.

milla disse...

amei seu blog
sou Milla votei no seu blog no Vicks vota no meu tbem
bjao

http://mila.blog.mil.zip.net

Rafael disse...

Legal o poema, professor!
Abraço

stella disse...

Bella Professor.

Buon sabato

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POIS É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |