Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

domingo, 31 de maio de 2009

Dia Mundial sem Tabaco – Seria Muito Bom se Fosse Todo Dia!


O Dia Mundial Sem Tabaco é comemorado neste domingo, 31 de maio de 2009. Este dia serve para conscientizar aos usuários desta droga a importância de pararem de fumar. Muitos que se aventuraram e se aventuram por este “mundo obscuro de fumaças” não sabiam ou não sabem que o cigarro é uma droga. E como toda droga, o cigarro vicia, causa dependência e doenças e também mata. Aparentemente esse poderia ser um dia comum, como qualquer outro dia. Mas não o é! Não o é pela importância da causa, que é sem dúvida brilhante. Tudo que serve para conscientizar a humanidade para o bem, seja ela de que ordem for, é no mínimo digna de atenção. Costumo dizer que o cigarro é a porta de entrada para outras drogas mais “pesadas”. Primeiro, pelo fato da não proibição. Segundo, pelo incentivo diário da mídia, que investe milhões em divulgação dessa droga.

Um simples cigarro tem em sua composição até setecentos aditivos químicos, mas a lei permite que os fabricantes guardem esse “segredo”. No entanto, constam entre os ingredientes: metais pesados, pesticidas e inseticidas. Alguns são tão tóxicos que é ilegal despejá-los em aterros. Aquela atraente espiral de fumaça está repleta de umas 4.000 substâncias, entre as quais acetona, arsênico, butano, monóxido de carbono e cianeto. Os pulmões dos fumantes e de quem está perto ficam expostos a pelo menos 43 substâncias comprovadamente cancerígenas.

Em São Paulo existe uma lei que entrará em vigor em 6 de agosto deste ano, que banirá dos ambientes fechados, coletivos e também vetará a área de fumantes, os usuários de cigarro. A partir desta data (06/08/2009), os fiscais passarão a multar os estabelecimentos que não “apagar os cigarros”. Os valores das multas variam entre R$ 720 e R$ 3 mil, custo que dobra na reincidência e será arcado pelo dono do local. No terceiro flagrante, as atividades serão suspensas por 48 horas e na quarta vez em que for flagrado, a suspensão ficará em 30 dias – prazo que poderá ser prorrogado.

Se esta lei pegará, não sei, é só esperar pra ver! Temos como exemplo a lei seca, que anda meio esquecida, mas a intenção, eu julgo boa, sendo assim, só nos resta torcer pra que dê certo.

A seguir, uma pequena amostra do que o fumo pode causar:

• Câncer de Pulmão:
87% das mortes por câncer de pulmão ocorrem entre os fumantes.

• Doenças Cardíacas:
os fumantes correm o risco de 70% maior de apresentar doenças cardíacas.

• Câncer de Mama:
as mulheres que fumam 40 ou mais cigarros por dia têm uma probabilidade 74% maior de morrer de câncer de mama.

• Deficiências Auditivas:
os bebês de mulheres fumantes têm maiores dificuldades em processar sons.

• Complicações da Diabetes:
os diabéticos que fumam ou que mascam tabaco correm maior risco de ter graves complicações renais e apresentam retinopatia (distúrbios da retina) de evoluções mais rápidas.

• Câncer de Cólon:
dois estudos com mais de 150.000 pessoas mostram uma relação clara entre o fumo e o câncer de cólon.

• Asma:
a fumaça pode piorar a asma em crianças.

• Predisposição ao Fumo:
as filhas de mulheres que fumavam durante a gravidez têm quatro vezes mais probabilidade de fumar também.

• Leucemia:
suspeita-se que o fumo cause leucemia mielóide.

• Contusões em Atividades Físicas:
segundo um estudo do Exército dos Estados Unidos, os fumantes têm mais probabilidades de sofrer contusões em atividades físicas.

• Memória:
doses altas de nicotina podem reduzir a destreza mental em tarefas complexas.

• Depressão:
psiquiatras estão investigando evidências de que há uma relação entre o fumo e a depressão profunda, além da esquizofrenia.

• Suicídio:
um estudo feito entre enfermeiras mostrou que a probabilidade de cometer suicídio era duas vezes maior entre as enfermeiras que fumavam.

• Outros perigos a acrescentar à lista:

câncer da boca, laringe, gargantas, esôfago, pâncreas, estômago, intestino delgado, bexiga, rins e colo do útero; derrame cerebral, ataque cardíaco, doenças pulmonares crônicas, distúrbios circulares, úlceras pépticas, diabetes, infertilidade, bebês abaixo do peso, osteoporose e infecções dos ouvidos. Pode-se acrescentar ainda o perigo de incêndios, já que o fumo é a principal causa de incêndios em residências, hotéis e hospitais.

Pois já sabemos dos malefícios do cigarro, e não queremos ver os nossos “queridos” sorverem esse mal. Toda droga converge há um único caminho: a morte! Pense sempre nisto! Faça sua parte! Deixe seu comentário: exponha sua ideia. Qual ponto eu não enfoquei? Você concorda ou discorda dos pontos abordados? Comente!


(Fonte pesquisada: O Estado de São Paulo de 25 de maio de 2009 e Site Antidrogas)


Prof. Israel Lima

ProUni Abre Inscrições Para o Segundo Semestre de 2009


Programa aceita candidaturas de 27 de maio a 5 de junho

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do ProUni (Programa Universidade para Todos) do segundo semestre de 2009. O período de para candidatura vai de 27 de maio a 5 de junho. A primeira chamada da pré-seleção será divulgada em 9 de junho. Os interessados devem ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 697,50) para concorrer à bolsa integral ou de até três salários mínimos por pessoa da família (R$ 1.395) para concorrer à bolsa de 50% da mensalidade. No total, o programa deverá distribuir 91.227 bolsas, entre parciais e integrais.

Para se candidatar é preciso ter obtido média de, no mínimo, 45 pontos na prova objetiva e na redação no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2008. Além disso, os candidatos devem ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou como bolsista integral no caso de escola particular.

Os candidatos que tenham bolsa integral em utilização, matriculados em cursos presenciais com no mínimo seis semestres em período integral têm direito a Bolsa Permanência, benefício no valor de até R$ 300 mensais.

Professores da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício, integrando o quadro permanente da instituição e concorrendo a vagas em cursos de Licenciatura, Normal Superior ou Pedagogia, também podem ser beneficiados.

Aos estudantes com bolsas parciais também há a possibilidade de acesso ao FIES (Programa de Financiamento Estudantil) para o financiamento da metade do valor que fica sob responsabilidade dos bolsistas.

Documentação necessária

Na fase de Comprovação de Informações, tanto o candidato como os membros do grupo familiar devem apresentar os seguintes documentos:

Documento de identificação, que pode ser:

- Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das Unidades da Federação, exceto as Carteiras de Identidade expedidas pelo Instituto de Identificação da Polícia Civil do Estado do Pará, que receberam nº. de Registro Geral - RG - igual ou inferior a 1.299.999, por terem sido invalidadas em cumprimento ao Decreto nº 1.105 de 1º de março de 1996;
- Carteira Nacional de Habilitação, novo modelo, desde que esteja dentro do prazo de validade;
- Carteira Funcional emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais, desde que tenha fé pública reconhecida por Decreto;
- Identidade Militar, expedida pelas Forças Armadas ou forças auxiliares para seus membros ou dependentes;
- Registro Nacional de Estrangeiros - RNE, quando for o caso;
- Passaporte emitido no Brasil, e;
- CTPS - Carteira do Trabalho e Previdência Social.

Comprovante de residência dos membros do grupo familiar, que pode ser:

- Contas de água, gás, energia elétrica ou telefone (fixo ou móvel);
- Contrato de aluguel em vigor, com firma do proprietário do imóvel reconhecida em cartório, acompanhado de um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone em nome do proprietário do imóvel;
- Declaração do proprietário do imóvel confirmando a residência, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone em nome do proprietário do imóvel;
- Declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF;
- Demonstrativo ou comunicado do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS ou da Receita Federal do Brasil - RFB;
- Contracheque emitido por órgão público;
- Boleto bancário de mensalidade escolar, de mensalidade de plano de saúde, de condomínio ou de financiamento habitacional;
- Fatura de cartão de crédito;
- Extrato ou demonstrativo bancário de outras contas, corrente ou poupança;
- Extrato ou demonstrativo bancário de empréstimo ou aplicação financeira;
- Extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, e;
- Guia ou carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU ou do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA.

Comprovante de rendimentos:

No caso de Assalariados:

- Três últimos contracheques, no caso de renda fixa;
- Seis últimos contracheques, quando houver pagamento de comissão;
- Seis últimos contracheques, no caso de pagamento de hora extra;
- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- CTPS registrada e atualizada;
- CTPS registrada e atualizada ou carnê do INSS com recolhimento em dia, no caso de empregada doméstica;
- Extrato da conta vinculada do trabalhador no FGTS referente aos seis últimos meses, e;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

No caso de Atividade Rural:

- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica - IRPJ;
- Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas, e;
- Notas fiscais de vendas dos últimos seis meses.

No caso de Aposentados e Pensionistas:

- Três últimos comprovantes de recebimento de aposentadoria ou pensão, pelo menos.
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos;
- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI, e;
- Extrato de pagamento dos últimos três meses emitido pela Internet no endereço eletrônico http://www.mpas.gov.br.

No caso de Autônomos:

- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
- Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada, e;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

No caso de Profissionais Liberais:

- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
- Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada, e;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

No caso de Sócios e Dirigentes de Empresas:

- Três últimos contracheques de remuneração mensal;
- Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica - IRPJ;
- Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso, e;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.

No caso de Rendimentos de Aluguel ou Arrendamento de Bens Móveis e Imóveis:

- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, ou Declaração Anual de Isento - DAI;
- Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, e;
- Contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.

Ainda é preciso apresentar comprovante de separação ou divórcio dos pais, ou certidão de óbito, no caso de um deles não constar do grupo familiar do candidato. Caso a ausência dos pais do candidato ocorra em função de motivos diferentes dos já citados, é preciso apresentar elemento comprobatório da situação específica, a critério do Coordenador do ProUni na instituição de ensino superior.

Caso o candidato tenha pensão alimentícia, é necessário apresentar cópia da decisão judicial que determine o pagamento, caso esta tenha sido abatida da renda bruta informada de membro de grupo familiar. O candidato também precisa apresentar comprovante dos períodos letivos cursados em escola pública, ou da bolsa escolar integral obtida (emitido pela respectiva instituição) se estudou em instituição privada.

O coordenador ou representante(s) do ProUni pode pedir quaisquer outros documentos que eventualmente julgar(em) necessários à comprovação das informações prestadas pelo candidato, referentes a ele ou aos membros de seu grupo familiar e quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas a qualquer membro do grupo familiar.

O Programa

O ProUni foi lançado em 2004 pelo governo federal com o intuito de dar acesso a ex-alunos carentes da rede pública do Ensino Médio ou de bolsistas integrais das escolas particulares ao Ensino Superior a partir de bolsas nas instituições particulares. São concedidas bolsas integrais, que cobrem todos os custos das mensalidades escolares, e parciais, com o pagamento de 50% das mensalidades.

O ProUni também tem uma política de cotas destinada aos alunos que se autodeclararem afrodescendentes ou indígenas. Para esse grupo, as vagas são distribuídas de acordo com a proporção dessas populações nos estados, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Regras

As instituições filantrópicas devem aplicar anualmente, em gratuidade, conforme já estabelece a Constituição, pelo menos 20% da receita bruta exclusivamente em bolsas de estudo. As instituições privadas que aderirem ao programa deverão oferecer 8,5% das receitas em bolsas de estudos a alunos carentes.

Em contrapartida, as instituições de ensino superior com fins lucrativos ficarão isentas do pagamento do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, da Contribuição Social sobre Lucro Líquido, do PIS e do Cofins.

Para obter mais informações sobre o ProUni, os interessado podem consultar o site do programa (www.mec.gov.br/prouni/) ou ligar para 0800 616161.


(Fonte de Pesquisa: Extraído do Site da Universia Brasil)

Governo Publica Decreto Que Garante a Incorporação de 8,78%


29/05/2009 - A Prefeitura publicou no Diário Oficial da Cidade desta sexta-feira 29/05) o Decreto nº 50.639, que dispõe sobre a aplicação de 8,75% aos padrões de vencimentos dos profissionais de educação da rede municipal de ensino.
O índice se refere à segunda parcela da incorporação das gratificações criadas em 2006 (Lei nº 14.244/06), de um total de 37,5%, e será aplicado sobre os padrões de vencimentos de abril de 2008, conforme previsto na Lei nº 14.709/08.
Vale lembrar que 20% foram aplicados em maio do ano passado e a terceira parcela, também de 8,75%, está previst a na lei para ser paga em maio de 2010.
As tabelas, já com a aplicação de 8,75%, estão disponíveis no site do SINPEEM (www.sinpeem.com.br), no link Tabelas de Vencimentos.


(INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

sábado, 30 de maio de 2009

Categoria Pressionou e Garantiu o Cumprimento da Lei


No dia 30 de março entregamos a nossa pauta de reivindicações ao governo, tendo como um dos principais itens a aplicação integral do índice de 17,5% referentes do total de 37,5% da incorporação das gratificações aos padrões de vencimentos de todos os profissionais de educação.

Também reivindicamos aumento real e reposição das perdas salariais, além de questões funcionais e educacionais, como a publicação da evolução funcional do quadro de apoio, redução do número de alunos por sala de aula, melhores condições de trabalho, entre outros.

Convocada pelo SINPEEM, a categoria realizou manifestação no dia 17 de abril, para cobrar o atendimento à nossa pauta. Na ocasião, o governo garantiu que estava analisando o documento e que daria seu parecer até o dia 30 de abril. Porém, disse que, em função da crise econômica internacional, talvez não pudesse cumprir a lei que prevê a aplicação de 8,75% em maio de 2009.

(INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

Governo Apresentou Contraproposta


O SINPEEM pressionou o governo para que cumprisse a lei e, conforme acordado com o sindicato, no dia 28 de abril o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, apresentou a contraproposta oficial às reivindicações da pauta entregue pelo SINPEEM em março, com os seguintes itens:

1 aplicação de 8,75% aos padrões de vencimentos dos profissionais de educação ativos, aposentados com paridade, readaptados e pensionistas, a partir de 1º de maio;
2 manutenção das diferenças relativas às gratificações ainda não-incorporadas e do abono complementar do piso;
3 GDE com valor, no mínimo, igual ao total pago em 2008, ou seja, R$ 2.400,00;
4 pagamento, em junho, da primeira parcela da GDE, no valor de R$ 800,00 sem considerar para efeitos de desconto no valor total as faltas e licenças ocorridas até 30 de abril;
5 os critérios para o pagamento da GDE serão os mesmos adotados em 2008: assiduidade do servidor e índice de ocupação da unidade escolar;
6 publicação da regulamentação da evolução funcional do quadro de apoio no Diário Oficial da Cidade até o dia 31 de maio, para que todos que tenham direito possam requerer o benefício a partir desta data;
7 constituição de um grupo, com a participação do sindicato, para estudar, em até 60 dias, a regulamentação para o pagamento da Gratificação por Local de Trabalho;
8 oferecer cursos de formação para os AUXILIARES TÉCNICOS DE EDUCAÇÃO (ATEs);
9 constituição de comissão para, no prazo de 60 dias, para analisar a viabilidade da proposta sobre o pagame nto de diferença salarial por exercício de função ou enquadramento em referência de valor maior, quando ao ATE I for atribuída função própria do ATE II;
10 redefinição das funções dos agentes escolares e dos agentes de apoio e realização de cursos de formação para que possam realizar o trabalho de apoio aos alunos;
11 estudar a possibilidade de fixação da lotação dos AGENTES DE APOIO nas unidades da SME;
12 elaboração do plano de metas das unidades, considerando as suas condições materiais e recursos para que, na medição do seu desempenho, estes fatores não tenham influência negativa;
13 discutir lei que permita novo prazo para a opção pela JBD e transformação dos cargos de adjunto para os que ainda não o fizeram;
14 instituição, em conjunto com a SMG, de um programa de prevenção à saúde dos profissionais de educação;
15 realização, no segundo semestre deste ano, de campanha institucional para incentivar a ampliação de matrículas na EJA;
16 publicação, em breve, dos editais e a realização de concursos públicos, já autorizados, no segundo semestre deste ano;
17 realização de debate com o sindicato e negociação de todo o processo de escolha/atribuição em agosto e antes da publicação de qualquer portaria que disponha sobre a organização das escolas para 2010;
18 realização de negociação no mês de pagamento da última parcela relativa aos 37,5% (maio de 2010) sobre reajuste aos padrões de vencimentos.
Estas propostas foram reafirmadas pela Secretaria Municipal de Gestão, durante a manifestação da categoria, no dia 30 de abril. Em assembleia geral, a categoria decidiu não rejeitar as propostas apresentadas na negociação, ratificar a pauta e continuar lutando pela ampliação de direitos e atendimento integral das reivindicações.


(INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

Decreto Suspende o Expediete no Dia 12 de Junho


O Decreto nº 50.643, publicado na primeira página do DOC desta sexta-feira (29/05), suspende o expediente nas repartições públicas municipais no dia 12 de junho de 2009 e determina a compensação das horas não-trabalhadas.

Os servidores deverão compensar as horas não-trabalhadas, na proporção de 1 (uma) hora/dia, a partir do dia 1º de junho, sem prejuízo do cumprimento da jornada de trabalho a que estiverem sujeitos.

A não-compensação, total ou parcial, das horas de trabalho acarretará os descontos pertinentes e, se total, também o apontamento de falta ao serviço no dia 12 de junho de 2009.

(INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

SINPEEM Contesta Censo dos Preofessores


O primeiro censo completo do professor, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do Ministério da Educação, indica que 80,9% dos docentes do país trabalham em uma única escola e cerca de 60% em apenas um turno.
Segundo o levantamento, apenas 3,2% dos docentes trabalham em três escolas ou mais; que cerca de 70% dos professores da educação básica têm curso superior, sendo que 90% deles com licenciatura.

O SINPEEM contesta os dados do censo do MEC, posto que estes números não se aplicam à realidade da cidade de São Paulo, onde a boa parte dos docentes na ativa, na rede municipal de ensino, hoje em torno de 52 mil, acumulam cargos, seja na mesma escola ou em unidades diferentes, muitas vezes em bairros distintos.

Além dos baixos salários, os professores ainda enfrentam problemas cotidianos de toda ordem, como falta de valorização profissional, salas superlotadas, falta de infraestrutura nas unidades, violência nas escolas, entre outros.
Para o SINPEEM, isso significa que, além da implementação de uma sólida política nacional de formação de educadores (professores e funcionários de escolas), sob a responsabilidade do poder público, é necessário oferecer condições adequadas de trabalho e salários dignos aos profissionais de educação, para o pleno desempenho de suas atribuições, no sentido de resgatar a credibilidade do ensino público no país.


(INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

Plano Nacional de Formação


Para cobrar mais qualidade dos docentes de todo o país, o MEC lançou em 28 de maio o Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica. Trata-se de um pacote de medidas que visam:

  • oferecer cursos gratuitos em universidades federais e estaduais para professores sem formação adequada. A previsão é de 332 mil vagas em cursos presenciais e à distância, a partir do segundo semestre de 2009;
  • serão dois tipos de cursos: 1ª licenciatura, com carga horária de 2.800 horas, mais 400 horas de estágio para professores sem formação em nível superior; e 2ª licenciatura, com 800 a 1.200 horas,para professores que atuam fora de sua área e não possuem licenciatura
  • os candidatos aos cursos de licenciatura em qualquer faculdade terão de ir bem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para serem aceitos.


(Extraído do INFORMATIVO SINPEEM de 29/05/2009)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Não, Não é o Homem Bomba! É o Homem “Bombado”!


Uma via de mão dupla. Onde um é corpulento e outro nem tanto assim. Ambos cultuam o estético, o físico, a beleza exterior. Não se importam, de fato, com a saúde! O que vale mesmo é a “embalagem” e não o “conteúdo”.

Pois bem, incrivelmente, não foi a maconha, o crack ou a cocaína; mas sim o anabolizante, a droga que mais ganhou espaço na vida dos jovens, é o que mostra a pesquisa do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid).


Apesar de não ser uma droga que provoca dependência química, os esteroides, injetável ou em pílulas estimulam a agressividade, além da diminuição do cérebro de inibir comportamentos tidos como inapropriados.

Na mesma via temos os homens anoréxicos. Isso mesmo: homens anoréxicos! Uma das maiores dificuldades é a de aceitar ser portador de uma doença conceituada erroneamente como exclusivamente feminina. Estamos diante de um dilema conflitante. Vendo de fora, parece algo ambíguo. Confuso? Pode ser. Mas na verdade, é o que se vende na grande mídia, o culto do corpo perfeito. Isso chega até nós de forma imposta, imperativa, sem nenhuma preocupação com as consequencias advindas dessas turbulências desenfreadas que vende a imagem do “belo” a qualquer preço.

A cada dia, se torna cada vez mais comum nos consultórios psiquiátricos: casos de anorexia e bulimia masculinas. O preço é altíssimo. Será mesmo necessário pagar tão alto preço?

Aos pais fica o alerta: se o seu filho apresenta:

• Queda acentuada de cabelo;
• Aparecimento de espinhas, principalmente nos braços e nas costa;

• O suor dos “bombados” fica com um odor mais forte, por causa dos hormônios acrescentados;

• Os rins são acionados a trabalhar mais, pois a eliminação das toxinas ocorre principalmente pela urina;

• Aumento das mamas nos homens;
• Nas mulheres a redução dos seios, aparecimento de pêlos no rosto, com formação de barba e bigodes.

• Aumento notável na preocupação com comida e forma física;

• Diminuição da sociabilidade: como muitas diversões que envolvem alimentação, jovens com o transtorno evitam tais programas;

• Aumento da irritabilidade e agressividade, especialmente com os pais.

Vivemos a era do “Complexo de Adônis”, deus grego que representa a beleza masculina. No entanto, o Adônis de hoje, não é mais aquele homem belo e com pleno vigor de sua saúde. Mas sim, doente, impotente, infértil e à beira de um colapso no coração.


Deixe sua colaboração. Qual a sua opinião a respeito da matéria? O que você me diz?


Prof. Israel Lima



(Fontes Pesquisadas: Jornal da Tarde de 15 de março de 2009 e O Estado de São Paulo de 18 de maio de 2009.)

Aniversariantes de julho a dezembro devem solicitar a antecipação do 13º até 29 de maio


A Lei nº 14.182/06 e a Portaria nº 082 SMG-G/06 garantiram aos servidores ativos, aposentados e pensionistas o direito de requererem a antecipação de 50% do 13º salário no mês que antecede o seu aniversário. No entanto, em publicação na página 33 do DOC de 12 de maio, a Prefeitura comunicou que no exercício de 2009, excepcionalmente, os aniversariantes dos meses de JULHO a DEZEMBRO poderão solicitar a antecipação de 50% do 13º salário ou 13ª pensão até o dia 29 de maio”.

Para requerer o benefício, é preciso preencher formulário próprio de antecipação excepcional, disponível no site da Prefeitura

(www.prefeitura.sp.gov.br/beneficios).

A opção realizada pelo servidor ou pelo pensionista ou seu procurador é anual e tem caráter irretratável.

O requerimento deve ser protocolado pelo interessado na seguinte conformidade:

– servidor ativo: na Unidade de Recursos Humanos ou na Supervisão de Gestão de Pessoas do órgão de lotação;

servidor aposentado: na Unidade de Recursos Humanos ou na Supervisão de Gestão de Pessoas da Secretaria ou Subprefeitura em que se aposentou;

– pensionista, com pensão concedida nos termos do Decreto Lei nº 289, de 7 de junho de 1945, na Seção Técnica de Atendimento, do Departamento de Recursos Humanos, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, da Secretaria Municipal de Gestão.

De acordo com a legislação, o servidor que se encontrar em período de férias, licença ou afastado com remuneração deve observar o prazo estabelecido para protocolo do requerimento de antecipação.

Quem está em regime de acúmulo lícito e deseja receber a antecipação do 13º salário em ambos os vínculos, deve formalizar uma opção para cada vínculo.

A servidora gestante também pode optar pela antecipação de 50% do décimo terceiro quando completar o sétimo mês de gravidez, nos termos do disposto na Lei nº 13.467, de 6 de dezembro de 2002.

Vale lembrar que a eventual incidência do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) retido na fonte e a contribuição previdenciária
– RPPS/Iprem ou RGPS/INSS recairá, uma única vez, somente no pagamento da segunda parcela, em dezembro do respectivo ano, conforme dispõe a legislação tributária de regência.

As Unidades de Recursos Humanos e as Supervisões de Gestão de Pessoas procederão ao cadastro das opções para pagamento, conforme instruções da Divisão de Cadastro e Pagamento, do Departamento de Recursos Humanos.

O direito à antecipação de 50% do 13º salário é conquista do SINPEEM, obtida com a participação de toda a categoria durante a campanha salarial de 2006, quando realizamos greve de 17 dias para pressionar o governo a atender às nossas reivindicações.


(INFORMATIVO SINPEEM - 15/05/2009)

Reuniões pedagógicas nos Ciejas


Portaria da Secretaria Municipal de Educação (SME), publicada no dia 8 de maio, altera o calendário de atividades de 2009 nas unidades escolares da rede municipal de ensino, autorizando a realização de, no mínimo, quatro reuniões pedagógicas, também nos Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos (Ciejas), com suspensão de aulas.


Conquista parcial do SINPEM, visto que reivindicamos que houvesse pelo menos uma reunião pedagógica por mês, com suspensão das aulas.

O SINPEEM continuará insistindo com a SME, para que a nossa reivindicação seja atendida.

A Portaria também dispõem sobre as reuniões mensais do Conselho de Escola; da Associação de Pais e Mestres (de acordo com regulamento próprio das unidades) e de quatro reuniões de pais e responsáveis (duas por bimestre), todas sem suspensão de aulas.


(INFORMATIVO SINPEEM - 15/05/2009)

Manual da Saúde do Servidor


A Secretaria Municipal de Modernização, Gestão e Desburocratização (SMG) disponibilizou na Internet o Manual de Legislação e Procedimentos do Departamento de Saúde do Servidor (DSS).

O manual traz as dúvidas mais comuns sobre a área de saúde do servidor municipal, como legislação, direitos e deveres, Unidades de Recursos Humanos e Supervisões de Gestão de Pessoas (Sugesps) da Prefeitura de São Paulo para doença profissional, licença médica, acidente de trabalho, readaptação funcional, aposentadoria por invalidez e outros.

Para obter mais informações, o servidor pode consultar o Serviço de Atendimento ao Usuário do DSS, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h, pelos telefones 3397-3030, 3031, 3032, 3033 e 3034, ou pelo serviço CGP-Responde, no e-mail smgcgpresponde@prefeitura.sp.gov.br.

O Manual de Legislação e Procedimentos do Departamento de Saúde do Servidor (DSS) pode ser baixado pelo site http://ww2.prefeitura.sp.gov.br/arquivos/secretarias/gestaopublica/dss/manual/0001/manual_DSS_MAI09.doc


(INFORMATIVO SINPEEM - 15/05/2009)

domingo, 24 de maio de 2009

Esperando Por Um Milagre



Após um tiro, que destruiu o nariz, as bochechas, o céu da boca e um dos olhos, a americana, Connie Culp fez no dia 06 de maio sua primeira aparição pública em Cleveland, Ohio para agradecer à família da doadora.

Ela, hoje, com 46 anos de idade é considerada a primeira pessoa a receber transplante de rosto nos EUA.

O tiro foi disparado por seu marido, que na época tentou sem sucesso se matar, o mesmo foi condenado a sete anos de prisão.

Após o tiro, Culp teve sua vida praticamente destruída, mas relutou, buscou forças no mais profundo do seu íntimo, enxergou uma luz no fim do túnel, mesmo que não tão nítida, mas era uma luz! Talvez, ela tenha se lembrando da frase: “enquanto há vida, há esperança!”

Ela que teve seu rosto destruído, reaprendeu muitas coisas, uma delas foi respirar sem a ajuda de aparelhos, pois teve seu nariz totalmente destruído. Já não mais tinha cinco sentidos. Tivera a perca do olfato. Alimento sólido não podia comer. Esteticamente, era outra mulher, irreconhecível. Talvez um protótipo do fracasso, uma pessoa vencida, a espera da morte.

Após dois meses da tragédia, ela fez a primeira das cercas de 30 cirurgias para reconstruir sua face. Durante um árduo período de reconstrução, ela teve 80% do seu rosto reconstruído.

Hoje ela já pode falar, sorrir, cheirar e provar alimentos sólidos. Connie Culp, no meu ver, é uma fênix, pois ela, literalmente, ressurgiu das cinzas!



Na vida, temos que reaprender muitas coisas: amar, perdoar, compreender, agradecer e compartilhar as coisas boas que temos para oferecer ao nosso próximo.

O que você achou desse exemplo? Deixe seu comentário. É importante essa interação para o aprimoramento desse meu trabalho. Posso contar com seu comentário?

Prof. Israel Lima

(Fonte da Pesquisa: O Estado de São Paulo de 7 de maio de 2009.)

Projeto de Lei nº 19


No dia 7 de maio, o Governo do Estado de São Paulo encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº 19 que estabelece critérios para o ingresso dos professores à rede estadual de ensino. Confira alguns pontos do PL:

Aos professores temporários (categoria F) amparados pela Lei 1010 fica assegurada a carga horária de 12 horas (10 horas em sala de aula e outras 2 horas, em atividades pedagógicas).

Para isso, é obrigatório que o docente participe da avaliação anual a ser realizada pela Secretaria de Estado da Educação.

Os professores que atingirem ou ultrapassarem a média estabelecida pela Secretaria ficam dispensados das avaliações subseqüentes e estão liberados para concorrer à atribuição de aulas.

A classificação final levará em conta a ordem decrescente da soma dos pontos do tempo de serviço, da titulação e do desempenho no exame.

Se o total de aulas atribuídas for menor que a jornada de 12 horas, haverá complementação da carga horária, de acordo com as normas a serem estipuladas pela Secretaria de Estado da Educação.

Os professores reprovados no processo seletivo anual passam a atuar em atividades pedagógicas fora das salas de aula a serem regulamentadas pela Secretaria de Estado da Educação, em jornada mínima de 12 horas.

A Secretaria de Estado da Educação poderá autorizar a participação dos docentes nas avaliações subseqüentes, que queiram melhorar a nota classificatória e concorrer a um novo proc esso de atribuição de aulas. Nesse caso, será considerado o melhor índice obtido nas avaliações de que participou.

(Extraído da SEE)

Desculpas!!!


Prezados pais e mães de alunos, prezados professores, professores coordenadores do Ciclo I , diretores e supervisores

A coordenação do Programa Ler e Escrever pede desculpas a todos pelos transtornos causados pela inclusão do livro “Dez na área, um na banheira e nenhum no gol” no acervo da 3ª série. Detectamos uma falha no processo de seleção que levou à inclusão de tal livro, cujo conteúdo é inadequado aos alunos menores de 18 anos. Determinamos a retirada imediata do livro das escolas e estamos apurando responsabilidades e procedimentos para aprimorar o processo de seleção e evitar que ocorram problemas de tal natureza.

Agradecemos aos que nos alertaram e aos professores, coordenadores e diretores do Ler e Escrever que, ao se depararem com o livro, rapidamente o tiraram de circulação, impedindo que chegasse às mãos dos alunos.

A aquisição de vários títulos, de diversos gêneros textuais, para todas as classes do Ciclo I faz parte de uma série de estratégias do Programa Ler e Escrever que, conjugadas, têm o propósito de fomentar práticas de leitura entre nossos jovens alunos. Sabemos que a grande maioria deles não tem livros em casa e, menos ainda, livros infantis. Portanto, a decisão de montar esses acervos e colocá-los à disposição, acessíveis, nas salas de aula, visa democratizar o acesso à leitura.

Foram comprados mais de 800 títulos em caixas organizadoras de 40 a 45 volumes. As caixas ficam nas salas de aula, ao alcance dos alunos, de modo que leiam nos momentos entre uma atividade e outra, por exemplo; e, principalmente, durante atividades planejadas pelo professor, propostas nos Guias de Planejamento e Orientações Didáticas .

Fazem parte do acervo: livros poéticos, contos de fadas, contos étnicos, contos modernos, fábulas e lendas, entre outros, que foram selecionados de modo a contemplar uma diversidade de gêneros, autores, estilos e assuntos, compondo uma pequena biblioteca para ser desfrutada em cada sala de aula do Programa.

O Programa Ler e Escrever tem, sem dúvida alguma, trazido mais benefícios do que problemas. Professores, coordenadores, diretores, supervisores, professores coordenadores das oficinas pedagógicas têm, todos, se empenhado para que nossos alunos se alfabetizem plenamente e tornem-se verdadeiros participantes da cultura escrita.

Em um programa de tal abrangência, em uma imensa rede como a nossa, lamentavelmente, falhas podem ocorrer. Entretanto, não devem paralisar nem desvalorizar o trabalho que vem sendo feito. Já tomamos todas as providências cabíveis e vamos seguir em frente, adotando as correções necessárias e contando com o zelo de vocês para continuar trabalhando pela melhoria na qualidade da alfabetização dos alunos.

Coordenação do Programa Ler e Escrever

(Extraído do site da SEE)

Mais um Absurdo na Educação em São Paulo


São Paulo distribui a escolas livro com palavrões

Livros contendo expressões como "chupa r...", "c...." e "chupava ela todinha" foram distribuídos pela Secretaria Estadual da Educação de São Paulo como material de apoio a alunos da terceira série do ensino fundamental (faixa etária de nove anos), segundo reportagem publicada na edição desta terça-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal) assinada pelo jornalista

Fábio Takahashi
.

O texto informa que o governo José Serra (PSDB) reconheceu o erro na distribuição dos 1.216 exemplares e determinou o recolhimento das obras.

O livro contém 11 histórias em quadrinhos produzidas por Caco Galhardo --também quadrinista da Folha. Uma das histórias mais criticadas por especialistas traz uma caricatura de um programa de mesa-redonda de futebol na TV.

Enquanto o comentarista faz perguntas sobre sexo, jogadores e treinadores respondem com clichês de programas esportivos, como "o atleta tem de se adaptar a qualquer posição".

De novo

Esta não é a primeira vez que o setor de educação do governo Serra se equivoca em relação aos livros distribuídos a alunos.

Em março deste ano, a pasta de Educação foi duramente criticada por professores da rede estadual por causa de erros em 500 mil livros didáticos distribuídos.

Um livro didático de geografia, usado por alunos da 6ª série do ensino fundamental nas escolas públicas, mostrava o Paraguai duas vezes em um mapa da América do Sul e exclui o Equador. O problema aparece tanto nos livros destinados aos estudantes quanto nas publicações destinadas aos professores.

À época, a secretaria creditou o problema a editora que o produziu e informou que determinou a troca das publicações com erros.

Outro lado

Em nota, o governo admitiu o erro ao distribuir a publicação e diz que o montante de 1.216 exemplares compõem apenas 0,067% dos 1,79 milhão de exemplares distribuídos aos alunos da rede.

A secretaria informou ainda que a obra é só uma entre as 818 escolhidas.

( Extaído da Folha Online - 19/05/2009)

Aluno coloca fogo em cabelo de professora em São José dos Campos (SP)


A Notícia abaixo não é nenhum caso da deusa do cabelo de fogo. Na verdade, foi o que um aluno fez com sua professora. Isto é um absurdo! Em que século estamos? Ufa! Formar professores para passar por teste de fogo, na cabeça?

Em São Paulo - Um estudante de 16 anos pôs fogo no cabelo de sua professora de 51 anos em São José dos Campos, interior de São Paulo, na manhã da última segunda-feira (18 de maio), de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. O caso aconteceu na Escola Estadual Prof. Joaquim Andrade Meirelles, no bairro Jardim Satélite, e foi registrado na Delegacia da Infância e da Juventude do município.

A professora disse aos policiais militares que faziam a ronda escolar que o adolescente chegou por trás dela e ateou fogo em seu cabelo, que teria sido queimado até a metade.

O estudante, na delegacia, afirmou que estava brincando com bolinhas de papel na classe, quando viu o fósforo e resolveu acendê-lo. Segundo o adolescente, ele jogou o fósforo para o lado e, de forma não intencional, acabou atingido a professora. O aluno disse ainda que tentou apagar o fogo, mas a professora não teria compreendido a sua intenção.

O delegado solicitou exame de corpo de delito para investigar o ocorrido. O responsável pelo garoto se comprometeu a apresentá-lo à Vara da Infância de Juventude de São José dos Campos.

(Extraído do UOL Notícias)

Começou no dia 18 deste mês a distribuição de 3,3 milhões de Atlas para alunos da rede estadual


Material irá beneficiar estudantes de 5ª a 8ª séries e do Ensino Médio

Na segunda-feira (18/5), a Secretaria de Estado da Educação começou a distribuir 3,3 milhões de Atlas Geográfico Escolar para todos os estudantes de 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio. O material vai auxiliar os alunos durante as aulas de geografia e história. Para a aquisição dos Atlas o Governo do Estado investiu cerca de R$ 6,5 milhões.

O material, que é parte do programa Apoio ao Saber, conta com conteúdo sobre o Universo, a Terra, mapas que trazem informações dos aspectos físicos, políticos e econômicos de todos os continentes. O Brasil recebe uma atenção especial: um capítulo inteiro com informações das cinco regiões do país. O Atlas conta também com um glossário de expressões e termos usados no material.

Os Atlas serão entregues, até a segunda quinzena de junho nas escolas estaduais da Capital, Grande São Paulo, interior e litoral de São Paulo. Os alunos poderão levar o material para casa.

“Estamos investindo em materiais de apoio, que auxiliem os estudantes na realização de pesquisas e na execução de trabalhos”, afirma o secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.

(Extraído do site da SEE, 18 de Maio de 2009)

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Venha Você, Também, Comemorar!!!

35º Aniversário do Prof. Israel Lima (23/05/2009)
e os 4 meses do [Pelo Corredor da Escola] (22/05/2009).


Ofereço este selo a você que visita este blog frequentemente ou pela primeira vez!
Esta foi a maneira que achei para retribuir o carinho que você tem dispensado a mim, visitando e comentando as postagens que publiquei neste blog, que a tão pouco tempo vem crescendo e conquistando você, eu só tenho que agradecer. Para mim é um privilégio ter você, aqui, neste espaço, que surgiu em 22/01/2009. No dia 22 deste mês o blog completará 4 meses na net e no dia 23 é o meu aniversário de 35 anos. Venha comemorar comigo!!!

Este selo é o meu presente para você.
O presente que eu quero receber de você é a sua visita e VOTOS nos meus selos de participações.

Bom, agora e só copiar e usar em seu blog.

Desde já agradeço o seu carinho e consideração.
Será um prazer imenso visualizá-lo em seu blog.

Um grande abraço

Prof. Israel Lima

terça-feira, 19 de maio de 2009

Homofobia


Plano Prevê Livro com 50 Ações Para Assegurar Direitos da Constituição de Família Homossexual.

Esse é um tema que causa polêmica, divide opiniões e é indicador de “confrontos” religiosos. Não obstante, me propus falar desta temática, pois como educador e não podendo ter preconceitos, mesmo tendo minha opinião formada sobre o assunto, preferi apenas informar.

Pois bem: o que poderá mudar com este plano do governo?

No dia 14 de maio, dia do lançamento do “Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais)”, o secretário de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi falou sobre o plano.

O governo quer que sejam incluídos nos livros didáticos a temática de famílias compostas por lésbicas, gays, travestis e transexuais. Ainda na área da educação, recomenda cursos de capacitação para evitar a homofobia nas escolas e pesquisas sobre comportamento de professores e alunos em relação ao tema.

Algumas das propostas ainda estão em andamento; como por exemplo, o reconhecimento da união civil de casais do mesmo sexo e da criminalização da homofobia. Propostas como estas tramitam no congresso.

Veja as Principais Propostas:

• Educação: Apoiar cursos sobre diversidade sexual para mestres; incluir o tema nos livros didáticos.
• Comunicação: Classificar como inadequadas para menores, obras com conteúdo homofóbico; fazer campanhas de valorização LGBT.
• Família: Permitir que casal homossexual adote filhos; criminalizar a homofobia; permitir que o contribuinte inclua o parceiro como dependente.
• Justiça: Encaminhar a presídio feminino: transexuais e travestis.
• Saúde: Extensão do direito à saúde suplementar ao companheiro.

• Programas: Criar políticas de crédito e reforma agrária voltadas para a população LGBT.
• Turismo: Incentivar o turismo para paradas gays.


Essas são algumas das medidas que integram o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, documento firmado entre representantes de 18 ministérios.

Agora é com você. Deixe sua opinião sobre o assunto. O que você me diz?



Prof. Israel Lima.



(Pesquisa: Jornal da Tarde de 15/05/09 e O Estado de São Paulo de 15/05/09)

SME atende à reivindicação do SINPEEM e convoca 1.653 ATEs


Atendendo à reivindicação do SINPEEM de convocar todos os aprovados em concursos públicos, a Secretaria Municipal de Educação publicou no Diário Oficial da Cidade desta sexta-feira a convocação de 1.653 auxiliares técnicos de educação – classe I.

A escolha vagas para o provimento dos cargos será nos dias 01, 02, 04, 05, 08 e 09 de junho, no auditório da Conae 2 (avenida Angélica, 2.606, Higienópolis).

A relação dos ATEs I convocados e o cronograma de escolha estão nas páginas 58 a 62 do DOC de 15 de maio de 2009 (
www.imprensaoficial.com.br).



SINPEEM mantém pressão


No dia 8 de maio, foram convocados 316 professores de educação infantil, 414 de ensino fundamental I, 213 de ensino fundamental II e médio e 13 de desenvolvimento infantil. No dia 13 de maio, 92 professores adjuntos também foram chamados para a escolha de vagas.

Apesar destas convocações, a relação de candidatos que aguardam ser chamados ainda é grande. O SINPEEM continua pressionando para que todos os aprovados sejam convocados e para que a Prefeitura publique o edital dos concursos que já foram autorizados, bem como autorize a realização de concurso público para o quadro de apoio.




(INFORMATIVO SINPEEM - 15/05/2009)

sábado, 16 de maio de 2009

Hospitalizado Sim, Mas Nunca Desconectado à Rede!!!


É cada vez mais indispensável o uso da internet na vida das pessoas, mesmo àquelas hospitalizadas. A internet é cada vez mais “democrática” possibilitando aos internautas inúmeros serviços... De olho neste segmento, que cresce a cada dia, os grandes hospitais do Estado de São Paulo estão apostando nesta tecnologia chamada internet.

É assim, que muitos pacientes são encontrados nestas redes de hospitais, “notebook no colo, celular ao alcance das mãos, papéis espalhados sobre o sofá e decisões a serem tomadas...”

Para alguns pacientes, cateter ligado ao peito não é problema para estar conectado à internet, onde muitos pesquisam sobre a doença que enfrentam. Hospitais como Albert Einstein, Samaritano, Nove de Julho ou Hospital do Coração (HCor), por exemplo: “oferecem serviços wireless, entrega diária de jornais, aluguel de notebook e resumo de notícias até orientação sobre academia e restaurantes que os acompanhantes podem querer freqüentar na região”.


Agora, eu pergunto a você, que acompanha este espaço: será que todo este aparato, de fato, colabora para a recuperação do paciente? Se o paciente for um empresário e se estiver tratando do coração, de repente dá de cara com uma manchete que retrata a desvalorização das ações de seu grupo?

Pense nisso. Comente. Deixe sua opinião, pois é de grande importância para tratarmos futuramente de notícias que nos fazem refletir.



Israel Lima
Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |