Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

domingo, 21 de junho de 2009

Pílula do dia seguinte! Há Riscos?! Sim.


Todo medicamento deve ser indicado por um médico. Evite a automedicação, pois o que serve para uns pode não servir a outros. Foi ouvindo histórias de muitas de minhas alunas, que resolvi publicar a matéria abaixo, vale muito conferir!

Boa leitura! Deixe seu comentário!


A chamada pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência que inibe a possibilidade de gravidez em caso da prática de sexo inseguro ou estupro, mas há muitas jovens tomando o medicamento com certa frequência, sem orientação médica e desconhecendo os riscos que isso representa para o organismo. Pesquisa efetuada pela Secretaria de Estado da Saúde revela que a cada dez garotas que vão à farmácia atrás da pílula do dia seguinte, pelo menos sete (76,7%) não receberam nenhuma orientação antes do uso.
O método de emergência despeja no organismo, de uma só vez, uma carga hormonal equivalente a uma caixa inteira de anticoncepcionais e o corpo cobra o preço por isso. Uma das consequências do uso freqüente é que o ciclo menstrual fica desregulado e, aí sim, aumenta e muito a chance de uma gravidez indesejada. Outro problema é que a adolescente, ao se apoiar no uso da pílula do dia seguinte, não usa preservativo durante as relações sexuais, expondo-se a doenças sexualmente transmissíveis, como a Aids.
No levantamento da Secretaria da Saúde, foram ouvidas 178 jovens com idades entre 14 e 18 anos e 35,8% delas admitiram já ter usado a pílula do dia seguinte. Dessas, 76,7% ignoravam os riscos associados ao uso. A pesquisa mostrou ainda que a anticoncepção de emergência é um método conhecido por 95% das meninas.

O que é e como usar

A pílula do dia seguinte é distribuída na rede pública de saúde como parte da política de planejamento familiar do governo federal, mas é importante a consulta ao médico para que o medicamento seja tomado corretamente e com cautela. O contraceptivo de emergência, cujo princípio ativo é o levonorgestrel, deve ficar reservado a um caso excepcional e ser usado até 72 horas após o ato sexual desprotegido.
Cada dose da pílula do dia seguinte, formada por dois comprimidos, equivale a meia cartela de anticoncepcionais. A taxa grande de hormônios é necessária para o corpo não fornecer as condições para a gestação. O primeiro comprimido deve ser tomado de preferência nas primeiras 24 horas, quando sua eficácia é maior, seguido de outra dose após 12 horas.

Ao serem ingeridas, as pílulas conseguem impedir que o espermatozóide fecunde o óvulo, porém, se isso já ocorreu, a pílula consegue inibir o óvulo para que esse não chegue até o útero, o que impede a gravidez. A Organização Mundial de Saúde defende a tese de que a gravidez só é considerada após a chegada do óvulo fecundado no útero, o que contraria a polêmica de que a pílula do dia seguinte tenha efeito abortivo. A pílula pode falhar em 15% dos casos.


Indicações e contraindicações

É indicada quando ocorre falha do método utilizado pela paciente (como ruptura de preservativo, deslocamento de diafragma, expulsão de DIU), em situações de estupro ou em caso de relação sem proteção (situação que deve ser evitada). A pílula é contraindicada se há suspeita de gravidez, em irregularidades menstruais, em uso anterior à relação ou em pacientes com trombose, hepatopatia, hipertensão arterial grave e outras patologias, que não podem ingerir medicação hormonal. Não há limite de idade para o medicamento, mas em mulheres com mais de 40 anos e em fumantes a pílula aumenta o risco de quadros tromboembólicos. Não deve ser utilizada durante o período de amamentação, pois poderá diminuir a quantidade de leite.


Riscos e abusos

Dores de cabeça, náusea, sangramentos, vômitos e irregularidade no ciclo menstrual são algumas das reações adversas provocadas pelo uso descontrolado do medicamento. Mas nada é tão preocupante quanto o fato de o método não prevenir a Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis. O uso repetitivo desregula o ciclo menstrual. É tanto hormônio que pode acontecer justamente o que a jovem está querendo evitar: uma gravidez indesejada.


(Extraído do Jornal da Orla - 21/06/2009 - Saúde - Título original: Pílula do dia seguinte por Mírian Ribeiro)

27 Comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Ótimo texto!
Parabéns! Ainda se fala pouco sobre isso, e falar é sempre bom.
ABRAÇÃO!

ayunes disse...

Parabéns pela iniciativa de colocar esse assunto em pauta será necessário o esclarecimento para essa "massa " de adolescentes que descobrem soluções fáceis que prejudicam a longo prazo .

Lais Castro disse...

Olá, aqui estou dando uma passadinha por seu blog, sempre com informações isntrutivas! Muito esclarecedor este artigo. Um abraço.

Ana Martins disse...

Excelente post, muito interessante e de valor.
É sempre bom abordar estes assuntos e nunca é demais falar sobre eles. Os nossos jovens precisam saber quais os prós e os contras desta medicação.

Mais uma vez Parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Nazare Varella disse...

Boa noite.Eu gosto muito do seu Blog professor.

Damaris disse...

Boa Noite Querido!!!

Muito Obrigado pela visita... Seja sempre muito bem vindo... Seu blog é muito educativo... Estou adorando.

Tenha uma ótima noite... Uma semana repleta de vitórias... Fique com Deus... Beijos no coração, Damaris

Sidney Ramos disse...

Olá Prof. Israel Lima:
Fiquei muito feliz com suas palavras e de receber sua nobre visita.
Digo que aparecerei sempre para beber com os olhos nesta fonte.
Realmente é um lugar lindo que faz muito bem.
Muito obrigado, volto sempre.
Logo engrandece a alma assistir o que é feito com dedicação e carinho.

Estela disse...

Oi Israel,
Desculpe pela ausência, mas não deixei de vir aqui e, tenho lido seus artigos, sempre de boa qualidade. Não estava conseguindo abrir as páginas de comentários, toda vez que eu tentava abrir tudo paralizava e eu tinha que desligar o computador ("na marra") Fiz uma limpeza nos meus arquivos, apaguei alguns programas e parece que vem melhorando, mesmo que ainda tenha alguns blogs que eu não consiga ver. Também não consigo abrir minhas mensagens no Hotmail. Hoje deu certo, não sei se é porque é Domingo. Bem o que importa é que eu consegui.
Obrigada pelas visitinhas, até deixei um recadinho pra você na minha página, caso você lá retornasse.
Adorei esse assunto, realmente é muito importante pois, o que está acontecendo hoje em dia é que as pessoas estão sendo imediatistas e, não pensam nas consequências.
Um beijo grande.

Estela disse...

Tentei três vezes para dar certo (rss).

Pedro Antônio disse...

Olá, Israel!

Muito bacana o texto! Bastante esclarecedor!Parabéns! Informação nunca é demais, principalmente quando o assunto é tão importante como esse!

Um abração! Ótima semana! Estarei sempre por aqui! Até!

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

Pena disse...

Olhe, Simpático e Estimado Amigo:
Também sou Professor em Portugal. A nossa missão é ajudar. É tentar entender o vasto número de jovens/alunos que todos os dias se debatem com problemas inerentes à sua idade que podem parecer insignificantes, mas para eles são de uma pertinência gigante.
A sua atitude é notável. Admirável. Fabulosa.
Informar, dar um pouco de nós, da nossa tentativa em auxiliar todos aqueles seres em formação que tanta ajuda necessitam em prol da harmonia, sossego e bem-estar emocional e psicológico.
O seu gesto é de uma importância Enorme. Grandiosa.
Os meus parabéns sinceros.
Tem um valor imenso.
Abraço de estima e respeito...
Sempre a admirá-lo pela imensa significação como Professor/Educador valioso e um Ser Humano fantástico.

pena

OBRIGADO pela sua amizade.
Bem--Haja, tudo de excelente num excelente e oportuno Post.

Fa menor disse...

Quando se toma essa pílula, nunca se chega a saber o que ela fez: se evitou que o espermatozóide se encontrasse com o óvulo, se evitou a nidação do ovo (óvulo já fecundado). Para mim há vida desde a fecundação do óvulo e não só quando este é implantado no útero, logo há um risco de aborto muito grande com a toma desta pílula. Para mim é abortiva, sim!

Obrigada pela sua visita.

Bjs

Luis F disse...

Meu amigo

Agradeço em primeiro lugar a visita ao meu espaço e as suas palavras.

Vim retribuir a visita e dizer que gostei de ler os seus textos de opinião, que informam muito bem.

Com amizade
Luis

Larissa. disse...

Muito bom e esclarecedor.
parabéns.
abraço
;*

VANUZA PANTALEÃO disse...

Boa tarde, professor!
Um post de grande utilidade pública, principalmente para as jovens que, sem querer, pensam que tudo pode ser resolvido com a ingestão de uma simples pílula.
Uma ótima semana!!!

THYMBERTHY KKALL LLYY disse...

Oi professor. Boa noite tudo bem?
Acho que esta pílula foi a grande invenção do século, até então.
Besteiras, todo mundo faz, mas a maioria, não nos é permitida a oportunidade de desfazê-la.
Graças a esta pílula, pode desfazer uma grande besteira. (claro, no caso da gravidez indesejada).
Bendita evolução. rsrsrsrs
Abraços e tudo de bom para vc
Fique sempre bem
THYAL

Barbara disse...

Sabe por que precisam deste método?
Porque não há diálogo entre essas moças e suas mães, que temem que as filhas fiquem com o estígma de perdidas, já que ficar é transar e essas mães nem aceitam a idéia da diversificação de parceiros sexuais das moças.
Até compreendo e acho mesmo que a falta do mistério e do tempo de sedução levou o sexo a um nível muito "comum" - mas nesta questão, seria ideal o acompanhamento da mãe para que a moça pudesse tomar o anticoncepcional mais leve.
Mas tudo começa e termina por causa da falta de honestidade entre membros das famílias.
NINGUÉM ESTÁ MAIS VIRGEM - só até uns 12 0u 13 de idade e daí?
Quem paga?
Todos.
Sejamos mais honestos em casa, onde as coisas devem ser olhadas com naturalidade.

Laguardia disse...

Prezados amigos
Há muito venho lendo e vendo o que tem acontecido no Brasil com relação aos nossos políticos. Não passa um dia sem que haja uma denuncia de atos de corrupção, falta de ética, e imoralidade por parte de nossos governantes.
O Presidente Lula recentemente em defesa do Senador José Sarney definiu que no Brasil existem dois tipos de cidadãos. Aqueles para os quais não existe lei ou Constituição e os demais que estão submetidos aos rigores da lei.
Aqueles que sofrem nas filas do SUS, ficando internados em macas nos corredores dos hospitais e aqueles que se tratam nos melhores hospitais do país com a melhor equipe médica. Em ambos os casos o contribuinte paga.
É chegada a hora de parar de reclamar e partir para a ação antes que seja tarde demais.
Minha proposta e que comecemos em conjunto a pensar numa ação coordenada para o dia 7 de setembro de 2009. É o dia em que comemoramos a independência de nossa pátria, a libertação de nosso povo. Não há momento melhor do que este para um protesto contra a pouca vergonha, os desmandos do governo e o fato de que pouco a pouco estamos perdendo nossa liberdade e democracia.
Sugestões para o email laguardia,luizf@gmail.com

Adriana Godoy disse...

Oi, Professor, obrigada por sua visita. Muito interessante o seu blog que aborda questões relevantes da educação. A luta é árdua, mas vale a pena. Abraço.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro prof. Israel Lima,
A Paz do Senhor!

Prabéns pela postagem!
Seu blog continua fazendo sucesso pelo "Corredor da Escola" rsrs

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Iana disse...

Boa... gostei do texto,
Parabéns caro amigo!

beijos da rosa amiga
demorei aparecer
mas vim deixar um forte abraço
Iana!!!

Lili - Aqui tem um pouco de tudo disse...

Excelente tema e de muita utilidade. Abraços pra ti.

Gaby disse...

Caro Israel,

Muito obrigada pela visita e amável comentário.
O seu blog é, de facto, bastante interessante e é evidente a sua preocupação com o ensino e a educação. Prova disso é este excelente texto que alerta para as vantagens e riscos do uso desta pílula. Daí que pais e educadores deverão investir no diálogo e educação sexual!
Fui professora de Matemática durante quase 30 anos, em Portugal, mas nunca me furtei ao diálogo sobre outros aspectos com os meus alunos. Afinal, ser professor não é só ensinar "uma matéria" é, acima de tudo, preparar para a vida.
Beijo e bem-haja!

Nathália Monte ;D disse...

tenho amigas que ja utilizaram esse tipo de coisa.desaprovo sabe..acredito que prevenir é melhor do que tratar..o que custa usar camisinha ou um meio que vc saiba que nao tera tantos riscos..

mas seu texto eh muito bom!!voltarei aqui sempre..
beijO

Lili - Aqui tem um pouco de tudo disse...

Olá Professor Israel! Deixei no blog Saber Virtual um selinho para você. Abração!

Bala Salgada disse...

Parece ser bem perigoso, a melhor coisa mesmo é prevenir.

Prof. Israel Lima disse...

Minha amiga
Ayunes

É muito bom tê-la em meu espaço.
Agradeço por sua visita e comentário!
Venha mais vezes!

Seu blog é excelente!

Tenha um magnífico final semana.

Um grande abraço.

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POIS É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |