Pelo Corredor da Escola

Apontar temáticas do cotidiano escolar é o objetivo primeiro deste blog, na intenção de ser "elo" entre as partes envolvidas (aluno/professor). A reflexão é o nome deste elo, que não só une, mas debate e critica os principais livros do Brasil e do mundo.

Para maiores informações falar com o Prof. Israel Lima

israellima7.4@bol.com.br

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Educação Que Supera


Baseado em história verídica, o filme Um sonho possível, do diretor John Lee Hancock, que este ano premiou Sandra Bullock com o Oscar de melhor atriz, mostra como um adolescente negro americano, nascido num ambiente promíscuo, daqueles que nos fazem temer pelo futuro da espécie humana, encontra o caminho para a superação. Em meio a pessoas viciadas em drogas e embrutecidas, o jovem Michael Oher (interpretado por Quinton Aaron) sente que não faz parte daquela vida degradante e se mantém firme em seu modo de vida responsável. Mesmo com o sofrimento e a penúria em que vive, Michael não se deixa contaminar pela maldade a sua volta. Muitas vezes nos afligimos diante de consequências trágicas, mas raramente nos esforçamos em examinar suas causas. Infelizmente, esse é um fato que se repete em tudo na vida, pela qual vamos passando sem o devido cuidado e sem prestar atenção aos sinais que recebemos, comportamento que pode nos levar a perder oportunidades de crescimento.

Com a ajuda de um vizinho, o jovem Michael consegue ser admitido em uma escola particular por meio de uma bolsa de estudos, mas permanece vivendo como sem-teto, e assim as cicatrizes dos traumas o mantem apático e sem interesse pelas aulas. Sem ter onde dormir, perambula pelas ruas quando Leigh Anne (Sandra Bullock), uma mulher de família rica, de personalidade forte, generosa e inteligente, sensibilizada com o sofrimento do moço, tem a intuição de ajudá-lo, acolhendo-o em casa, indicando um sentido para a sua vida, dando-lhe inspiração, confiança e esperança. Michael tinha o íntimo generoso. Tocado pela bondade da família que o recebe como um filho, tem o caráter fortalecido e seu cérebro começa a raciocinar com mais clareza. Ao encontrar a solidariedade vinda do coração de Leigh Anne, juntamente com a aceitação por parte de seu marido e seus filhos, o coração de Michael fala mais alto e ele busca o caminho da superação. Incentivado pela família, adquire interesse pelos estudos, cuida do corpo fazendo exercícios e caminhadas e se torna um bem-sucedido jogador de futebol americano. Para conseguir atingir as notas necessárias para entrar na universidade, Michael conta com o apoio da família e dos professores, e se dedica para vencer suas dificuldades nos estudos. O filme transmite, por meio dessas situações, o valor da educação. Leigh Anne sempre lê histórias inspiradoras para os filhos e os leva a uma das livrarias do grupo Borders, onde eles se divertem e se aproximam dos livros. Assim também ela faz com Michael. Além disso, o filme mostra alunos lendo e estudando na biblioteca da escola. Desta forma, aos poucos, a ideia da fundamental importância dos livros e dos estudos no desenvolvimento dos seres humanos vai sendo redespertada pelo público. É gratificante ver no cinema, mais uma vez, uma mensagem de superação e um bom exemplo que valoriza a importância da leitura e da educação na vida dos jovens, mostrando que a melhora é sempre possível.


(Clipping 16.04.2010 Estado de Minas, 16/04/2010 - Belo Horizonte MG Filme retrata o papel da leitura e da escola no preparo dos jovens Benedicto Ismael Camargo Dutra - Escritor, graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP )

Comentários:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POIS É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |